O Amor tem sabor.

Pensamos em tudo, não é mesmo? Sei lá, passa tudo pela nossa cabeça quando se trata de amor.  O que é? Um sentimento. Que se nutre por alguém. Pode ter diferentes formas. Amar aos pais e amigos, e ao amor onde se encontra o parceiro(a) ideal. Porém mesmo no caso parceiro, alguns se consideram incapazes de amar apenas a uma pessoa.

Outros amam de formas diferentes, e que seja eterno enquanto dure. O fato é que sobre amor é complicado falar. Cada pessoa tem seu estilo/opinião e ainda assim, essa mesma pessoa pode ser pega de surpresa e mudar sua forma de encarar os fatos.

Alguns detalhes interessantes sobre o amor é, que o que se sente por um filho só aumenta com o crescimento dele não importa o que ele apronta. Pai e mãe podem aprontar conosco que sempre iremos os amar, e vice-versa. Amigos descartamos quando nos decepcionamos, agora, numa relação de casal a coisa complica.

Falando de uma relação heterosexual por exemplo (nunca vivi outra, apenas por isso não posso falar): A impressão é de nunca dar certo. Óbvio, pois homens e mulheres pensam completamente diferente.

Mulheres viajam, falam entre linhas, homens falam diretamente dizem o que pensam e pronto. As mulheres entendem tudo ao contrário, assim, como os homens não acompanham as entre linhas, pois são práticos demais para isso. Pronto, está gerada a confusão. “Você não me ama… não me percebe… diz a mulher…, o homem se irrita pois ama, mas acha tudo uma palhaçada e por aí vai…” Sem fim.

Costumo dizer que não adianta trocar de marido, parceiro ou namorado, vai sempre dar na mesma. O necessário é entender que cada um tem uma forma de ver as coisas e tentar achar um meio termo. O homem nunca vai ver, e nem está interessado se você trocou de esmalte, ou o motivo pelo qual ele deu bolhinhas. Guarde isso para falar com suas amigas.

A pior pergunta então é… Quando o homem simplesmente está quieto e a mulher… Em que está pensando? Ele não está pensando em nada. Ou melhor, está sim, em se o time perdeu, ou qual filme irá assistir, mas NÃO está pesando em outra! (risos)

Conheço uma história interessante que exemplifica bem: Marido e mulher estavam viajando em uma dessas estradas que se leva muito tempo para encontrar uma parada. A mulher dizia… Acho que preciso usar o banheiro. O marido continuava dirigindo, passava por paradas e nunca parava. Queria chegar o mais cedo possível ao local para que pudessem logo começar as férias românticas deles. Em determinado momento, não agüentando, a mulher já irritada disse: Pelo amor de Deus pode parar na próxima parada, não agüento mais, preciso usar o banheiro!!! O marido calmamente respondeu: Poxa amor, porque não avisou antes? Passamos por tantas. Você não precisava ter ficado tão apertada. (risos). Enfim. Bastava ela trocar o “eu acho que preciso” por “Pode parar na próxima parada, pois preciso ir ao toalete”. Ele teria entendido.

É simplesmente isso, direto ao assunto. Sem rodeios. Sem delírios. Não gosta? Não serve pra casar. Ou viverá em inferno. Lógico que existem vários truques para que ele te perceba, mas isso aqui acabaria virando um livro e eu estaria fugindo totalmente do assunto. Quem sabe outro dia…

O importante é que pensamos e repensamos tudo sobre amor. Até que muitas vezes a palavra não é suficiente para expressar o que estamos sentindo. O Amor é um sentimento riquíssimo. Agora que ele tinha sabor… Essa eu não sabia. Você sabia?

Meu filho de três anos encontrou o sabor do amor nesse palitinho ontem.

Ao ir ao alergista, o médico o usou para olhar a garganta, e depois o deu um novo. Encantado, pois o palito era colorido com ursinho e tinha sabor, meu filho alegre lambia aquilo sem parar e me disse do nada… Mamãe, adorei, é uma delícia, tem sabor de amor. Eu disse: O que? Ele repetiu: Sabor de amor, mamãe. Não entendi NADA,nunca parei em minha vida para pensar se amor tinha ou não sabor. Agora mais essa, ai,ai…

Já vivi, analisei, repensei, chorei por, sorri por, amor. Agora, sabor????? Qual é o sabor do amor? Nunca pensei nisso. Talvez esteja justamente aí a resposta para tudo. E não sei.

Menta? Chocolate? Morango? Melancia? Uva? Pêssego? Tutty-Fruity? Um sabor para cada situação?

Ou será que simplesmente, considerando que meu filho é homem, e como disse homem não delira é direto, que ele tenha querido dizer: O amor é doce.  – Acho que fico com essa.

E assim, dedico o post de hoje a todos aqueles que conseguem ao invés de confusão, encontrarem e viverem a doçura do amor. Afinal amar (meu filho tem razão) é uma delícia.

E para completar publico o vídeo da musica Do Seu Lado de composição de Nando Reis onde em uma estrofe ele diz “O amor tem sabor prá quem bebe sua água”. Eu particularmente gosto bastante da letra e musica. Espero agradar vocês também.

Video



Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s