Lixo ou Modelo de beleza?

Volto a chamar a atenção para PREVENÇÃO. Vamos esperar o mundo ir ladeira abaixo para preocuparmo-nos com o meio ambiente?

Produtos que são jogados no lixo podem virar outros produtos, seja por reaproveitamento dissolvendo a matéria e transformando em outra, ou por trabalho de artistas e artesões.

O importante é saber que necessitamos entender como dispensar o nosso “lixo”. Se agirmos corretamente, ele deixa de ser algo que irá danificar nosso meio ambiente e passa a ter outra vida.

Um exemplo de reaproveitamento por dissolução é uma bolsa que acabo de adquirir em loja bem conceituada.

Confeccionada em tecido reciclado obtido através da combinação de retalhos de algodão tinto remanescentes do corte de confecções (6 meses a 1 ano de decomposição) com garrafas pet (400 anos) você não é capaz de diferenciá-la de outro produto não reciclado.

Já o exemplo de reaproveitamento em arte, leitores antigos já tiveram a oportunidade de ver trabalhos meus publicados aqui.

Mas para mostrar que não sou a única que está delirando no assunto, apresento uma nota que tenho guardada.

Publicada em novembro do ano passado no Rio Show (Jornal O Globo) na coluna do Joaquim Ferreira dos Santos, a nota exibe lindas garrafas feitas em vidro (tempo indeterminado de decomposição).

Com isso, fica claro que aquilo que está vendo como lixo na verdade vale ouro.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s