Agarre enquanto pode.

“Se você quer alguma coisa hoje, bicho, amanhã já não vai querer mais: porque já não precisa… Na realidade ‘amanhã’ não existe, é sempre, eternamente o mesmo dia…” – Janis Joplin


Dia 19 de Janeiro. Impossível publicar outro assunto que não seja Janis Joplin. Sim, sou fã. Hoje controlada, mas confesso que já fui doente. A ponto de colecionar fotos, querer me vestir da mesma forma, viver intensamente sem pensar nas conseqüências.

Lembro perfeitamente o dia em que a escutei pela primeira vez. Devia ter uns dez anos e um amigo de minha irmã apareceu com um vinil de melhores músicas dela para mostra-la. Minha irmã achou legal. Já eu… Ah, eu pirei completamente! Que voz era aquela? Acabei em surto. Seguindo tudo… Publicações, apresentações de vídeo em locais alternativos, colecionando fotos, comprando discografia completa e pendurando pôster enorme no quarto.

Minha mãe enlouquecia: “Menina, para de ficar cultuando defunto, isso não traz coisa boa” (risos). De certa forma entendo a preocupação dela, pois a situação era realmente excessiva.

Hoje, obviamente continuo fã e se ver algo que não possuo compro mesmo. Fã é fã, não tem jeito. Paga mico para sempre. Mas a obsessão passou, o que ficou foi um grande aprendizado pela vivência, que de alguma forma carrego comigo até hoje.

Mas também vamos combinar: Como não ficar impressionada(o) com Janis? Que forma de cantar era aquela? Entrega completa, intensidade absoluta. Mesmo hoje em dia quando assisto ao vídeo me arrepio.

Janis Lyn Joplin, pode sim ser considerada uma pessoa que teve que ter muita garra. Nasceu em Port Arthur, Texas. Cidadezinha pequena, tipo interior, onde todo mundo conhece todo mundo, e ninguém pode andar fora da linha ( Já tive a oportunidade de visitar o local, estar de frente a casa em que nasceu) e sinceramente, não caberia mesmo Janis ali.

Como não era bonita, não era a popular da escola, e pensava diferente dos outros não se encaixava, e no final das contas era ridicularizada por seus colegas. Adolescente, mudou-se para Austin – Texas, para fazer faculdade onde começou a cantar na noite. Não finalizou os estudos, e acabou novamente sendo foco de xingamentos chegando a ser publicada em jornal estudantil – “Ela se atreve a ser diferente”

Janis sempre foi ligada em blues, sempre apreciou uma boa musica negra (Bessie Smith, Leadbelhy, Odetta, Big Mama Thornton) desde a infância, e daí tirou seu estilo de cantar.

Se eu enquanto fã (que já correu atrás de tudo da vida dela) for ficar aqui falando tudo que sei, esse post acabará em enciclopédia e o ponto não é esse, então vamos ao que interessa: A garra de Janis se dá por ter sido uma cantora branca, que cantava como uma negra, enfrentando todos os preconceitos por onde passava levando-a ao sucesso. Pena que, assim como outros cantores/artistas da época (Ex: Jim Morrison e Jimmy Hendrix), tenha se entregue abusivamente às drogas morrendo tão cedo em 1970. Se estivesse viva, Janis estaria completando na data de hoje 68 anos.

Voltando à citação acima feita por ela, as coisas são passageiras: se tem alguma coisa hoje, amanhã já não vai querer mais. Na verdade, o amanhã não existe. Vivemos eternamente o mesmo dia, apenas dormimos para descansar.  Janis explodiu, porém não pode usufruir de todo o seu sucesso. Se entregou de cabeça a vida, mas foi-se o que era doce.

Se pararmos para pensar na citação dela e unirmos a vida que teve, trazendo para nosso mundo contemporâneo, podemos chegar ao seguinte pensamento:

Um: nossos desejos (materiais ou não) são passageiros, ou porque, alcançamos e deixam de serem desejos, ou porque demoramos a conseguir e olhamos para trás e vemos que não eram tão indispensáveis assim.

Dois: o amanhã não existe e tudo é ‘um hoje’, então porque ficar elocubrando? Vivamos o hoje ora bolas. Abertamente, sem máscaras, sem medo de enfrentar nossas verdades como ela fez, entendendo que o amanhã não existe, existe o hoje e o agora.

Somados pensamentos um e dois você pode se sentir livre e aproveitar a vida (claro, com os pés no chão, pois já aprendemos com eles que o uso de certas coisas matam), e “Get it While You Can” (Agarre isso enquanto pode).

A vida passa rápido demais, e ficar se atendo a pequenos detalhes e preocupações, do dia-a-dia apenas nos tiram do eixo. Não nos levam a lugar algum, atrapalha nosso amadurecimento, e o pior, nos tornam pessoas que na verdade não queremos ser. Acabamos encenando papéis na tentativa de sermos aceitos pela sociedade e com isso agredindo nossa personalidade, estancando nossa liberdade.

Segue letra e vídeo da música citada no post. Não deixem de assistir ao vídeo para entenderem quão intensamente alguém pode viver o que sente, e o melhor através do que gosta. Mas que é preciso garra, isso com certeza.

Get It While You Can –  Jerry Ragovoy / Mort Shuman

Agarre isso enquanto pode

In this world, if you read the papers, darling,

Nesse mundo você lê nos jornais, querido,

You know everybody’s fighting on with each other.

Você sabe que todo mundo está brigando com todo mundo.

You got no one you can count on, dear,

Você não tem com quem contar, querido,

Not even your own brother.

Nem mesmo seu próprio irmão.

So if someone comes along,

Então se alguém aparecer a sua volta,

He’s gonna give you some love and affection

E for te dar algum amor e carinho

I’d say get it while you can, yeah!

Eu diria para agarrar isso enquanto pode, yeah!

Honey, get it while you can,

Querido, agarre isso enquanto você pode,

Hold it, grab it while you can,

Abrace e agarre isso enquanto você pode,

Don’t you turn your back on love, no, no!

Não dê as costas para o amor, não, não!

When you know when you’re loving anybody, baby,

Quando você sabe que está amando alguém, baby,

You’re taking a gamble on a little sorrow,

Você esta apostando em um pouco de arrependimento

But then who cares, baby,

Mas que se dane, baby,

‘Cause we may not be here tomorrow, no.

Porque você nem sabe se vai estar mais aqui amanhã, não.

And if anybody should come along,

E se alguém por acaso surgir

He gonna give me any love and affection,

Ele vai me dar algum amor e carinho

I’d say get it while you can, yeah!

Eu diria para agarrar isso enquanto pode, yeah!

Hey, hey, get it while you can,

Ei, ei, agarre isso enquanto pode,

Hey, hey, get it while you can.

Ei, ei, agarre isso enquanto pode.

Don’t you turn your sweet back on love,

Não dê as costas para o amor,

No no no, no no no no no.

Não, não, não…

Oh, get it while you can,

Oh, agarre isso enquanto pode,

Honey get it when you’re gonna wanna need it dear, yeah yeah,

Querido agarre isso enquanto você for precisar disso, yeah, yeah,

Hey hey, get it while you can,

Ei ei, agarre isso enquanto você pode,

Don’t you turn your back on love,

Não dê as cosas para o amor,

No no no, no no no no, get it while you can,

Não, não, pegue isso enquanto você pode.

I said hold on to somebody when you get a little lonely, dear,

Eu digo “pegue” alguém quando se sentir um pouco sozinho, querido,

Hey hey, hold on to that man’s heart,

Ei, ei, pegue o coração de um homem,

Yeah, get it, want it, hold it, need it,

Sim, pegue isso, queira isso, abrace isso, necessite disso,

Get it, want it, need it, hold it,

Pegue isso, queira isso, necessite disso, abrace isso,

Get it while you can, yeah,

Agarre isso enquanto você pode, yeah

Honey get it while you can, baby, yeah,

Querido agarre isso enquanto você pode, baby, yeah

Hey hey, get it while you can!

Ei, ei, agarre isso enquanto você pode!



Anúncios

1 Comentário »

  1. Sandra said

    Apesar da Janis ser da minha época, só conheci sua música bem mais tarde. A interpretação dela de Summertime é, simplesmente, magnifica!

RSS feed for comments on this post · TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s