Voltar atrás e fazer diferente? Morandi-Angels(Love is the Answer)

*** Simone Sá Pinto no comando

Quantas vezes pensamos que gostaríamos de poder voltar atrás em nossas vidas e fazer certas coisas de forma diferente?

Não podemos não é? Mas sim, podemos pensar no que fizemos no passado e tentar aprender com o passado e tentar nos modificar no presente. Tentar evoluir. Buscar conhecimento. Engrandecimento, para que não fiquemos parados no mesmo lugar.

Parece fácil falando assim. Não é não. É tarefa árdua e exige ‘Garra’, pois o nosso passado está entranhado em nós fazendo com que acabemos sem querer repetindo ações. Já fazem parte de nossa personalidade.

Isso quer dizer então que iremos bater no peito e dizer: “Sou assim, esse é meu jeito e quem quiser que me ature?”

Eu diria que não, eu sugeriria que levantemos todos os dias e busquemos onde estão os nossos vícios em errar e tentemos mudá-los. Tentemos vencê-los, para nos tornar melhor.

Não podemos voltar ‘a fita do filme’ de nossa história, mas ainda podemos construir um final interessante e que desmistifique o passado que nos incomoda.

Quanto filme vê, e são assim? No início nada faz sentido, mas quando chegamos ao final vemos que sem aquela introdução aquele final feliz seria impossível, não é mesmo?

Então que tal tentarmos trabalhar no final do filme de nossas vidas ao invés de ficarmos pensando no que aconteceu no passado? Usar o passado apenas como referência das coisas que não devemos repetir?

Vejam o vídeo abaixo que ilustra como pequenas ações feitas de formas diferentes podem mudar todo o contexto.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s