Alpinismo. Solução para quando estiver sem eira nem beira. – Misty Mountain Hop/Led Zeppelin

*** Simone Sá Pinto e Elias Francione no comando…

Por que digo que além de mim Elias Francione está no comando? Quem é Elias Francione?

Bem, um pouco complicado para responder isso, pois não o conheço profundamente. Não possuo informação suficiente para falar.

Mas posso dizer que Elias é fotógrafo, e ótimo fotógrafo artístico, que tem uma visão bastante interessante em ‘exercitar seu olhar’.

Já vi várias fotos dele, e adoraria poder dividir todas com vocês, porém o único álbum que possuo dele no momento para apresentar é esse aqui com fotos feitas em caminhada no trecho Charitas/ Niterói – RJ :http://www.flickr.com/photos/doctor_silvana/sets/72157622333451337/

Porém, outras já me chamaram atenção. Diversas me emocionaram. As tenho acesso em minha rede social.

O dia em que vi essa abaixo lhe perguntei: “Elias, que nome daria a essa foto? Ele respondeu – Nossa Senhora da Conceição, acho”

"Nossa Senhora da Conceição" - Elias Francione / Morro da Conceição, Saúde - Rio de Janeiro

Solicitei autorização para escrever baseado no sentimento que tive ao ver a imagem, e ele prontamente autorizou. No entanto, eu JAMAIS publicaria sem que antes ele lesse o que escrevi.

O que acabou surgindo de minha emoção foi a poesia “Alpinismo”. Quase uma oração. Se percebermos, a poesia fala de praticamente o que andamos necessitando para que consigamos enfrentar as barreiras e dificuldades que esbarramos em nossas vidas.

Em tempo: Quando escrevo um texto comum estou em mim. Quando escrevo uma poesia, é como se saísse de mim, e as palavras corressem sozinhas. Escrevi para mim? Sobre mim? Não. Escrevi inspirada na foto, e inspirada em sentimentos que me envolvem no ‘passear’ do mundo contemporâneo.

Alpinismo (Simone Sá Pinto / Inspirada em foto de Elias Francione)

Conceição,
Dê-me sua concessão.
Mostre-me as entradas e saídas,
Para que a estrada seja menos dolorida.

 

Conceição,
Ainda que de costas, estenda-me tua mão.
Que eu não caia ladeira abaixo,
Acalante-me em teu riacho.

 

Que saiba levantar quando esborracho,
Compreender o esculacho,
Entender a cachoeira,
Quando a vida parecer sem eira nem beira.

 

Que saboreie a maçã,
Quando a oferta for limão.
Com rosas amarelas, me importe com o amanhã,
Assovie uma canção, em momento de escuridão.
Saiba evoluir a cada manhã.

 

Conceição,
Rogo-lhe Saúde!
Rogo-lhe Humildade!
Caridade!
Força de vontade!

 

À frente um morro a escalar,
Que haja segurança em meu olhar.
Consiga como alpinista,
Guiada ser, e focar em suas apontadas pistas.

E como trilha sonora para o post de hoje segue: Misty Mountain Hop/ Led Zeppelin

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s