O mundo vai acabar? Aquecimento global ou mental? Where is my mind? – Pixies

****Simone Sá Pinto no comando…

“With your feet on the air and your head on the ground, try this trick and spin it. Your head will collapse ‘cause there’s nothing in it, and you ask yourself: Where is my mind?” – Were is my mind – Pixies

(Com seus pés para cima e sua cabeça no chão tente o truque de girar. Sua cabeça irá entrar em colapso porque não tem nada dentro dela, e você se pergunta: Onde está minha mente?)

Não sei quanto a vocês. Mas por vezes sinto que minha cabeça vai entrar sim em colapso. No entanto não por não ter nada dentro. E sim por ter hoje tanta coisa, por escutar tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, que sinto como minha mente vai explodir.

Tudo o que vem acontecendo me remete a musica do Pixies. Minha cabeça explodindo por tanta coisa, mas com a impressão de que “as pessoas que por aqui vagueiam” não tem nada na cabeça.

Não sou ninguém para afiançar isso. Como posso dizer que pessoas nada têm em suas mentes? Não sou melhor que ninguém. Apenas o que menciono é uma sensação, e não uma afirmação de que as mesmas não tenham.

Todos estamos assistindo a catástrofes, e catástrofes sem parar nos deixando atônitos. São tantas que já não temos nem mais como parar para refletir sobre uma e poder encarar a seguinte. Tudo gera o sentimento do colapso mental. Cansaço. As perguntas de: Onde vamos parar? Até quando vamos assistir a isso? Ninguém irá tomar uma providência?

Quando não é isso, são desilusões amorosas, seja com parceiros ou mesmo amigos, colegas de trabalho etc. Cada vez mais, aumenta a impressão de estarmos morando em um hospício. E ficamos nos perguntando qual é a saída para isso.

Tentamos tudo o que está ao nosso alcance. Participamos de campanhas, contribuímos em épocas de catástrofe, copiamos em nossas redes sociais coisas que possam ajudar, tentamos TUDO!  Quanto mais tentamos, mais temos a impressão de não estarmos ajudando em nada. Temos vontade que uma nave espacial venha e nos tire daqui.

Em mim está tatuado: Desistir? Jamais! Por vezes olho para isso e penso: Sei lá, acho que seria melhor a tatuagem: Continuar? Por quê?

Gostaria muito de ter uma resposta para todos vocês que possam estar sentindo isso. Mas não tenho e vivo em busca. No momento, a impressão é que talvez a frase de que ‘não há nada na mente’ das pessoas esteja correta. Mas me recuso a acreditar nisso.

Vou deixar o texto com o seguinte pensamento:

Se eu mudasse minha tatuagem e não continuasse… Seria menos uma pessoa a tentar mudar alguma coisa.

Quanto maior for o numero de pessoas que desistir, maior a possibilidade de extinção da raça humana.  Afinal, se diante do aquecimento global o mundo realmente esquentar a ponto de nos cozinhar, o mundo NÃO vai acabar, mas a raça humana… Essa com toda certeza.

(escolhi a música com cena do filme Fight Club por achar que se encaixa melhor ao texto)

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s