Conta de bar de R$ 73 mil? Confere o ticket.

*** Por Simone Sá Pinto

“Ainda me lembro daquele beijo, spank punk, violento. Iluminando o céu cinzento…” Bem, acho que foi mais ou menos na época em que essa música fazia sucesso que eu havia saído com amigos para uma festa. Tudo foi divertido, dançamos, rimos, e como de “praxe” alguns de nós beberam bastante.

Na hora de ir embora a pessoa que estava na direção garantia estar em condições de guiar o carro. Chegou até a fazer o famoso “4”. Ainda assim, sei lá eu porque empaquei que não iria entrar. Não iria voltar para casa de carona com alguém bêbado.

Obviamente meus colegas acharam absurda minha postura e imediatamente fui intitulada de ‘careta’. Disseram que estava sendo radical, entre outras coisas.

Fato é, que sou do tipo que quando cisma com alguma coisa, não adianta. Podem falar o que quiserem. Peguei um taxi e voltei sozinha.

Sei lá de onde me veio a luz de não entrar naquele carro, só posso dizer que o mesmo capotou. Todos foram parar no hospital, e uma de minhas amigas perdeu parte de sua capacidade neurológica, ficou por quase um ano hospitalizada e hoje nada pode fazer com sua vida além de vender doces na rua.

O álcool é uma droga lícita, porém não deixa de ser uma droga e causar sérios danos ao cérebro. Além de problemas cardíacos, cirrose entre outros já comprovado pela Organização Mundial de Saúde (OMS)

Confiram o link com artigo da OMS para maiores informações, e NÃO deixem de ver em seguida alarmante vídeo postado (Muito bom).

Artigo da OMS: http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI4941520-EI8147,00-OMS+alcool+mata+mais+do+que+aids+tuberculose+e+violencia.html


Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s