Gato? Não. Cat Stevens – Father and Son

*** Por Simone Sá Pinto.

Tanta coisa passa por minha mente quando escuto essa musica. Tantos momentos, tantas pessoas as quais gostaria que ouvisse e entendesse.

Sinto como gostaria de dedicar isso ao mundo. A todos os pais, a todos os filhos, a mim, ao universo. Nem sei exatamente colocar em palavras meu sentimento.

Sei, é que dentro dessa letra, existe um caminho muito forte… Uma dica muito forte… E que isso me faz hoje traduzir a mesma, e publicar.

Na intenção de compartilhar com vocês esse sentimento. Na intenção de que possam ser capazes de pegar o recado e pensamento na musica dessa vez.

Não irei colocar minhas reflexões. Apenas leiam a letra. Escutem a musica. Tentem perceber o quão óbvia é a resposta para nossas vidas.

Fico por aqui. É difícil para mim por demais falar sobre o que já foi dito.

Father and Son – Cat Stevens

Pai e Filho

Não é tempo de fazer mudanças

Apenas relaxe e vá com calma

Você ainda é jovem e isso não é um problema

Tem muita coisa que você precisa passar

Encontre uma garota

Se desejar, pode até casar

Olhe para mim, estou velho

Mas estou feliz

 
 

Eu fui um dia como você agora

E agora sei que isso não é fácil

Fique calmo quando ver

Alguma coisa acontecendo

Mas dê tempo ao tempo e pense bastante

Pense em tudo o que já conquistou

Porque você pode estar aqui amanhã

Mas seus sonhos (de hoje) talvez não

 
 

Como posso tentar explicar

Quando eu tento, ele se ‘dá as costas’ novamente

E tudo sempre foi igual

Sempre a mesma velha história

No momento onde eu pude falar

Fui obrigado a escutar

Existe uma saída e eu sei

Que eu tenho que embora

Eu tenho que ir

 
 

Não é tempo de fazer mudanças

Apenas relaxe e vá com calma

Você ainda é jovem e isso não é um problema

Tem muita coisa que você precisa passar

Encontre uma garota

Se desejar, pode até casar

Olhe para mim, estou velho

Mas estou feliz

 
 

Todas as vezes que eu tive que chorar

Mantendo todas as coisas que eu sabia dentro de mim

Isso é duro, mas é pior

Ignorar

Se eles estivessem certos eu concordaria

Mas isso são eles quem sabe, não eu

Agora existe uma saída e eu sei

Que tenho que ir embora

Eu sei que tenho que ir

 
 

 ***Um pouco da História para quem não conhece Cat Stevens. Vale a leitura. (Texto retirado do Wikipédia)

Stephen Demetre Georgiou (Londres21 de Julho de 1948), anteriormente conhecido pelo nome artístico de Cat Stevens e agora chamado Yusuf Islam é um cantor e compositor britânico.

Seu pai é de origem grecocipriota e sua mãe de origem sueca. Vendeu 40 milhões de álbuns, principalmente entre as décadas de 1960 e 1970.

Em1971, escreveu uma música para o filme Harold and Maude (no Brasil: “Ensina-me a Viver”).

Entre suas canções populares estão: “Morning Has Broken“, “Peace Train“, “Moonshadow“, “Wild World“, “Father and Son” e “Oh Very Young“.

Stevens se converteu ao Islão e abandonou a música em 1978. Desde então passou a se dedicar a atividades beneficentes e educacionais em prol da religião.

Toma muito cuidado quanto ao uso de suas músicas. Muitas delas dissertam a respeito de temas de sua vida anterior à conversão, e Stevens não quer mais ser associado a elas.

Não surpreende que nunca tenha permitido que qualquer de suas canções fosse usada em comerciais de televisão. Apesar de estar a quase 30 anos afastado da indústria musical, os trabalhos anteriores como Cat Stevens continuam vendendo uma média de 1,5 milhão de discos por ano.

Criou seu próprio selo fonográfico, a Ya Records, pelo qual já produziu dez discos de música religiosa e espiritual.

Fundou três escolas muçulmanas em Londres e uma organização sem fins lucrativos, Small Kindness, reconhecida pela ONU e através da qual presta ajuda aos órfãos de conflitos como BósniaKosovo e Iraque.

Em 2004, o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos impediu a entrada dele no país, após incluí-lo na lista de vigilância por atividades provavelmente relacionadas ao terrorismo.

Em Março de 2005 ele lançou “Indian Ocean“, sobre o tsunami de 2004 no Oceano Índico, que em 26 de Dezembro de 2004 atingiu vários países, com o objetivo de ajudar os órfãos de Banda Aceh, na Indonésia, uma das áreas mais afetadas pelo tsunami.

Em 2006, anunciou a sua volta à música pop, com o disco An Other Cup, lançado em 28 de novembro, coincidindo com o 40º aniversário de lançamento do seu primeiro álbum.

Em janeiro de 2009, Yusuf gravou uma música de George Harrison chamada The Day the World Gets Round, em colaboração a Klaus Voormann. O dinheiro arrecadado com a música foi doado às pessoas vítimas da guerra na Faixa de Gaza. Para promover o novo single Voormann redesenhou um famoso álbum dos Beatles, o Revolver, sendo que a nova edição veio com o desenho de Yusuf mais novo, o próprio Voorman e George Harrison. Em maio de 2009, foi lançado o novo álbum de Yusuf, Roadsinger. A principal música, Thinking ‘Bout You, saiu na rádio BBC em março.

Em abril, ele apareceu no primeiro programa de Chris Isaak da A&E com versões ao vivo das novas músicas, Shamsia, Boots and Sand e Roadsinger. Em junho de2010, ele pretendia fazer uma turnê pela Austrália pela primeira vez, em 36 anos. A turne não aconteceu, mas seus fans esperam que ela venha aconhecer a qualquer momento do ano de 2011.

Yusuf casou-se com Fauzia Mubarak Ali em 7 de setembro de 1979, com quem teve cinco filhos. Atualmente mora em Londres, mas periodicamente passa temporadas em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

***Vídeo de Father and Son – Cat Stevens

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s